ANEXOS

Patologia Clínica

Química clínica/Valores de referência

A = anos; M = meses; D = dias

  

Sexo Masculino

Sexo Feminino

 IdadeSoroPlasmaLCRUrina 24hSoroPlasmaLCRUrina 24h
Acido Úrico0-18 A
> 18 A
2,0-5,5 mg/dl
3,5-7,2 mg/dl
  150-990 mg /24h2,5-5,5 mg/dl
2,6-6,0 mg/dl
  150-990 mg/24h
Albumina0-7 D
7 D -14 A
> 14 A
2,8-4,4 g/dl
3,8-5,4 g/dl
3,5-5,2 g/dl
   2,8-4,4 g/dl
3,8-5,4 g/dl
3,5-5,2g/dl
   
Alanina amino-transferase0-2 A
> 2 A
13-45 U/L
10-45 U/L
   13-45 U/L
7-35 U/L
   
Amilase0-1 M
1 M-70 A
>70 A
5-65 U/L
25-125 U/L
20-160 U/L
  59-401 U/24 h5-65 U/L
25-125 U/L
20-160 U/L
  59-401 U/24h
Amónia0-1 M
1 M
 56-92 μmol/L
21-50 μmol/L
   56-92 µmol/L
21-50 µmol/L
  
Aspartato aminotranferase0-1 M
1 M-2 A
> 2 A
25-75 U/L
15-60 U/L
8-35 U/L
   25-75 U / L
15-60 U / L
8-35 U/L
   
Bilirrubina Directa 0-0,3 mg/dl   0 – 03 mg/dl   
Bilirrubina Total0-1 D
1 D-2 D
2 D-5 D
> 5 D
1,4-8,7 mg/dl
3,4-11,5 mg/dl
1,5-12,0 mg/dl
0,3-1,2 mg/dl
   1,4-8,7 mg/dl
3,4-11,5 mg/dl
1,5-12,0mg/dl
0,3-1,2mg/dl
   
Calcio Ionizado 1,15-1,32 mmol/L   1,15-1,32 mmol/L   
Calcio Total0-10 D
10 D-2 A
2 A-12 A
>  12 A
7,6-10,4 mg/dl
9,0-11,0 mg/dl
8,8-10,8 mg/dl
8,6-10,3 mg/dl
  42-353 mg/24h7,6-10,4mg/dl
9,0-11,0mg/dl
8,8-10,8mg/dl
8,6-10,3mg/dl
  42-353 mg/24h
Capacidade total
fixação ferro
 110-370 µg/dl   110-370 µg/dl   
Cloro0-30 D
> 30 D
98-113 mmol/L
98-107 mmol/L
 110-130 mmol/L110-250 mmol/24h98-113 mmol/L
98-107 mmol/L
 110-130 mmol/L110-250 mmol/24h
Colestrol Total0-1 M
1 M-6 M
6 M-12 M
1 A-3 A
3 A-6 A
6 A-9 A
9 A-11 A
11 A-13 A
13 A-15 A
15 A-18 A
> 18 A
38-174 mg/dl
53-194 mg/dl
83-205 mg/dl
37-178 mg/d
l103-184 mg/dl
107-245 mg/dl
120-228 mg/dl
122-228 mg/dl
101-218 mg/dl
105-218 mg/dl
125-200 mg/dl
   56-195 mg/dl
59-216 mg/dl
68-216 mg/gl
37-178 mg/dl
103-184 mg/dl
107-245 mg/dl
122-242 mg/dl
120-211 mg/dl
125-211 mg/dl
101-215 mg/dl
122-200 mg/dl
   
Colestrol HDL0-2 A
2 A-7 A
7 A-12 A
12 A-16 A
16 A-19 A
> 19 A
12-60 mg/dl
38-75 mg/dl
37-74 mg/dl
30-63 mg/dl
30-63 mg/dl
35-88 mg/dl
   12-60 mg/dl
36-73 mg/dl
37-70 mg/dl
35-74 mg/dl
35-74 mg/dl
35-67 mg/dl
   
Colestrol LDL0-12 A
> 12 A
65-100 mg/dl
70-120 mg/dl
   65-100 mg/dl
70-120 mg/dl
   
Colinesterase 4620-11500 U/L   3930-10800 U/L   
Creatinaquinase CK0-1 M
> 1 M
16-312 U/L
16-171 U/L
   16-312 U/L
16-145 U/L
   
Creatinaquinase CKMB <24 U/L   < 24 U/L   
Creatinina0 – 7 D
7 D-30 D
1 M-1 A
1 A-3 A
3 A-12 A
12 A-18 A
> 18 A
0,7-1,2 mg/dl
0,3-0,8 mg/dl
0,2-0,5 mg/dl
0,2-0,8 mg/dl
0,5-1,1 mg/dl
0,5 -1,0 mg/dl
0,8-1,3 mg/dl
  600-2500 mg/24h0,7-1,2 mg/dl
0,3-0,8 mg/dl
0,2-0,5 mg/dl
0,2-0,8 mg/dl
0,5-1,1 mg/dl
0,5 -1,0 mg/dl
0,6-1,0 mg/dl
  600-1500 mg/24h
Ferro0 -1 M
1 M-9 A
> 9 A
100-250 μg/dl
50-120 μg/dl
70-180 μg/dl
   100-250 μg/dl
50-120 μg/dl
70-180 μg/dl
   
Fosfatase Alcalina0-12 A
12 A-15 A
15 A-18 A
>18 A
<500 U/L
<750 U/L
<390 U/L
40-150 U/L
   <500 U/L
<332 U/L
40-150 U/L
40-150 U/L
   
Desidrogenase
láctica LDH
0-1 M
1 M-3 A
3 A-13 A
>13 A
290-775 U/l
180-430 U/L
110-295 U/L
110-247 U/L
   290-775 U/l
180-430 U/L
110-295 U/L
110-247 U/L
   
Fosforo0-1 M
1 M-1 A
1 A-2 A
2 A-13 A
13 A-16 A
16 A-18 A
> 18 A
2,8-7,0 mg/dl
3,1-6,6 mg/dl
3,1-6,2 mgl/dl
3,1-5,9 mg/dl
3,1-5,3 mg/dl
3,1-5,1 mg/dl
2,5-4,9 mg/dl
  400-130 mg/24h3,1-7,7 mg/dl
3,1-6,8 mg/dl
3,1-6,3 mgl/dl
3,1-5,9 mg/dl
3,1-5,5 mg/dl
3,1-4,8 mg/dl
2,5-4,9 mg/dl
  400-130 mg/24h
Gamagentamil
Tramspeptidase
0 – 7 D
7 D-1 A
> 1 A
34-263 U/L
6-151 U/L
< 55 U/L
   34-263 U/L
6-151 U/L
< 38 U/L
   
Glucose0 – 1 D
1 D-7 D
> 7 D
36-110 mg/dl
47-110 mg/dl
70-110 mg/dl
 45-80 mg/dl0-500 mg/24h36-89 mg/dl
47-110 mg/dl
70-110 mg/dl
 45-80 mg/dl0-500 mg/dl
HbA1c 4-6 %   4-6 %   
Lactato 4,5-19,8 mg/dl 10-22 mg/dl 4,5-19,8 mg/dl 10-22 mg/dl 
Lipase 8-78 U/L   8-78 U / L   
Magnesio0-1 M
1 M-1 A
1 A-3 A
3 A-6 A
6 A-15 A
> 15 A
1,3-2,3 mg/dl
1,7-2,3 mg/dl
1,6-2,5 mg/dl
1,7-2,4 mg/dl
1,6-2,4 mg/dl
1,8-2,4 mg/dl
  24-255 mg/24h1,3-2,3 mg/dl
1,7-2,3 mg/dl
1,6-2,5 mg/dl
1,7-2,4 mg/dl
1,6-2,4 mg/dl
1,8-2,4 mg/dl
  24-255 mg/24h
Piruvato 0,3-0,9 mg/dl   0,3-0,9 mg/dl   
Potássio0-1 M
1 M-1 A
1 A-3 A
> 3 A
3,7-5,9 mmol/L
4,1-5,3 mmol/L
3,5-5,1 mmol/L
3,5-5,1 mmol/L
  25-125 mmol/24h3,7-5,9 mmol/L
4,1-5,3 mmol/L
3,5-5,1 mmol/L
3,5-5,1 mmol/L
  25-125 mmol/24h
Proteina C Reactiva < 05 mg/dl   < 0,5 mg/dl   
Proteinas Totais0-2 M
2 M-6 M
6 M-1A
1 A-3 A
3 A-9 A
9 A-19 A
> 19 A
4,0-7,0 g/dl
4,0-7,0 g/dl
4,2-7,9 gl/dl
6,0-8,0 g/dl
6,3-8,1 g/dl
6,4-8,6 g/dl
6,4-8,2 g/dl
 

20-100 mg/dl
(0-1 M)

15-45 mg/dl
(>1 M)

0-149 mg/24h3,6-7,0 g/dl
4,0-7,6 g/dl
4,6-7,8 gl/dl
6,0-7,8 g/dl
6,3-8,1 g/l
6,4-8,6 g/dl
6,4-8,2 g/dl
 

20-100 mg/dl
(0-1 M)

15-45 mg/dl
(>1 M)

0-149 mg/24h
Sódio0-7 D
7 D-30 D
7 D-6 M
6 M-1 A
1 A-15 A
> 15 A
133-146 mmol/L
134-144 mmol/L
134-142 mmol/L
133-142 mmol/L
132-145 mmol/L
136-145 mmol/L
  40-220 mmol/24h133-146 mmol/L
134-144 mmol/L
134-142 mmol/L
133-142 mmol/L
132-145 mmol/L
136-145 mmol/L
  40-220 mmol/24h
Trigliceridos0-7 D
7 D-13 A
13 A-19 A
> 19 A
13-95 mg/dl
30-100 mg/dl
37-148 mg/dl
37-150 mg/dl
   11-76 mg/dl
35-110 mg/dl
39-124 mg/dl
37-150 mg/dl
   
Ureia0-4 D
4 D-12 A
> 12 A
8,5-25,6 mg/dl
10,7-38,5 mg/dl
17,0-43 mg/dl
  15-34,2 g/24h8,5-25,6 mg/dl
10,7-38,5 mg/dl
17,0-43 mg/dl
  15-34,2g/24h

Imunologia – Valores de referência

G/L = gramas por litro

ND = não doseável

AC = anticorpos; Gliadina e Transglutaminase: ensaio imunofluorimétrico

Endomísio: imunofluorescência indirecta

COMPLEMENTO C1q

Idade
Qualquer idade
M
118-238
G/LF
118-244

OROSOMUCÓIDE

Idade
Qualquer idade
M
0.4-1.3
 G/LF
0.4-1.3

AAT (ALFA 1 ANTITRIPSINA)

Idade
Qualquer idade
M
0.92-2.0
G/LF
0.92-2.0

PCR

Idade
Qualquer idade
M
<0.30
 mg/dlF
<0.30

C1 INACTIVADOR

Idade
Qualquer idade
M
210-390
 mg/dlF
210-390

HAPTOGLOBINA

Idade
Qualquer idade
M
0.34-2.0
 G/LF
0.34-2.0

CERULOPLASMINA SERICA

Idade
Qualquer idade
M
0.22-0.61
G/LF
0.22-0.61

APO A1

Idade
Qualquer idade
M
1.10-2.05
G/LF
1.25-2.15

APO B

Idade
Qualquer idade
M
0.55-1.4
G/LF
0.55-1.25

TRANSFERRINA

Idade
Qualquer idade
M
2-3.8
G/LF
2-3.8

IIG G (IMUNOGLOBULINA G)

Idade
3 Meses6 Meses
12 Meses
2 Anos
3 Anos
4 Anos
5 Anos
6 Anos
7 Anos
8 Anos
9 Anos
10 Anos
11 Anos
13 Anos
>13 Anos
M
2.7-7.8
1.9-8.6
3.5-11.8
5.2-10.8
5.0-13.6
5.4-14.4
6.4-14.2
6.5-14.1
5.7-13.2
7.3-14.1
7.6-13.3
7.3-13.5
8.5-13
7.7-15.1
8.0-17.0
G/LF
2.7-7.8
1.9-8.6
3.5-11.8
5.2-10.8
5.0-13.6
5.4-14.4
6.4-14.2
6.5-14.1
5.7-13.2
7.3-14.1
7.6-13.3
7.3-13.5
8.5-13
7.7-15.1
8.0-17.0

IG A (IMUNOGLOBULINA A)

Idade
3 Meses
6 Meses
1 Ano
2 Anos
3 Anos
4 Anos
5 Anos
6 Anos
7 Anos
8 Anos
9 Anos
10 Anos
11 Anos
13 Anos
>13 Anos
M
0.06-0.58
0.1-0.96
0.36-1.65
0.36-1.65
0.45-1.35
0.52-2.1
0.53-2.2
0.83-2.17
0.65-2.4
0.74-2.6
1.08-2.0
0.7-2.22
0.91-2.55
1.08-3.25
1.0-4.9
G/LF
0.06-0.58
0.1-0.96
0.36-1.65
0.36-1.65
0.45-1.35
0.52-2.1
0.53-2.2
0.83-2.17
0.65-2.4
0.74-2.6
1.08-2.0
0.7-2.22
0.91-2.55
1.08-3.25
0.85-4.5

IG M (IMUNOGLOBULINA M)

Idade
3 Meses
6 Meses
12 Meses
2 Anos
3 Anos
4 Anos
5 Anos
6 Anos
7 Anos
8 Anos
9 Anos
10 Anos
11 Anos
13 Anos
>13 Anos
M
0.12-0.87
0.25-1.2
0.36-1.04
0.72-1.6
0.46-1.9
0.52-2.0
0.4-1.8
0.55-2.1
0.6-1.75
0.68-1.75
0.55-1.6
0.8-1.5
0.66-1.55
0.7-1.5
0.5-3.2
G/LF
0.12-0.87
0.25-1.2
0.36-1.04
0.72-1.6
0.46-1.9
0.52-2.0
0.4-1.8
0.55-2.1
0.6-1.75
0.68-1.75
0.55-1.6
0.8-1.5
0.66-1.55
0.7-1.5
0.6-3.7

IgE

Idade
1 Ano
2 Anos
3 Anos
9 Anos
15 Anos
> 
M
ND-15.0
1.0-19.0
ND-32.0
ND-101.0
1.4-300.0
1.0-183.0
UI/mlF
ND-15.0
1.0-19.0
ND-32.0
ND-101.0
1.4-300.0
1.0-183.0

IgE ESPECÍFICA

Idade
Classe 0
Classe 1
Classe 2
Classe 3
Classe 4
Classe 5
Classe 6
M
0
0,35
0,7
3,5
17,5
50
>100
U/lF
0,35
0,7
3,5
17,5
50
100

COMPLEMENTO CH100

Idade
Qualquer idade
M
488-1150 UCH100/ML
 F
488-1150 UCH100/ML

C’3 (Complemento Fracção C3)

Idade
Qualquer idade
M
0.75-1.4
G/LF
0.75-1.4

C’4 (Complemento Fracção C4)

Idade
Qualquer idade
M
0.1-0.34
G/LF
0.1-0.34

RA TESTE (F. Reumatoide)

Idade
Qualquer idade
M
< 18
UI/MLF
< 18

C1 INACTIVADOR FUNCIONAL

Qualquer idade< 41: Anormal
41 – 67: Equívoco
68: Normal

BETA 2 MICROGLOBULINA

Idade
Qualquer idade
M
0.810 – 2.190 mg/l
 F
0.810 – 2.19 mg/l

BETA 2 MICROGLOBULINA (URINA)

Idade
Qualquer idade
M
<0.150 mg/l
 F
<0.150 mg/l

SEROLOGIA PARA A DOENÇA CELÍACA

Gliadina, Ac
IgA
IgG


Transglutaminase tecidual, Ac

IgA
IgG

Endomísio, Ac

IgA
IgG


< 10 UA / mL
< 10 UA / mL



< 10 UA / mL
< 10 UA / mL


Negativo
Negativo

ELASTASE FECAL (Fezes)

< 100 μg/g: Insuf. pancreática Grave
100 – 200 μg/g: Insuf. Moderada
> 200 μg/g: Normal

Ac. Anti-Streptolisina O (Taso)

Idade
>
M
<100
F
<100

Reanimação / SAV

Reanimação (Parâmetros somatométricos e vitais; máscaras e sondas)

PAS = pressão arterial sistólica; SNG = sonda naso gástrica

 

IdadePeso
(Kg)
FC
(c/min)
FR
(c/min)
TAS
(mmHg)
Máscara
(Nº)
SNG/Foley
(F)
RN1145< 4042 ± 1005
RN2-3125< 4060 ± 1005-8
1 M412024-3580 ± 1615-8
6 M713024-3589 ± 291-25-8
1 A1013020-3096 ± 301-28
2-3 A12-1412020-3099 ± 2538
4-5 A16-1810020-3099 ± 203-410
6-8 A20-2610012-25105 ± 134-510
10-12 A32-427512-25112 ± 19510-12
> 14 A> 507012-18120 ± 205> 12

Máscara laríngea

PesoInsuflação (ml)
< 5 Kg1 (Pediátrica)4 ml
5-10 Kg1.5 (Pediátrica)7 ml
10-20 Kg2 (Pediátrica)10 ml
20-30 Kg2.5 (Pediátrica)14 ml
30-50 Kg3 (Pediátrica)20 ml
50-70 Kg4 (Adulto)30 ml
>70 Kg5 (Adulto)40 ml

Entubação endotraqueal

Miller: lâmina recta; MacIntosh: lâmina curva

Material para entubação
    • Aspirador
    • Fonte de O2
    • Máscara e “AMBU”
    • Tubo de Guedel (Mayo)
    • Laringoscópio
    • Tubo endotraqueal (o n.º indicado, 1 n.º acima e 1 n.º abaixo)
    • Fio conductor
    • 1 ajudante
Lâminas de alringoscópio
PT-RN
1-18 meses
18 meses-8 anos
> 8 anos
Miller 0
Miller 1
Miller 2; MacIntosh 2
MacIntosh 3

Tubos de Guedel (ou de Mayo)

IdadeTamanho (Nº)Comprimento (cm)
Pretermo
RN-3 meses
3-12 meses
2-5 anos
> 5 anos
00
0
1
2
3
3,5-4,5
5,5
6,0
7,0
8,0
TUBOS OROFARÍNGEOS: 4-10 cm (incisivos centrais → ângulo da mandíbula)
 TUBOS NASOFARÍNGEOS12 e 36 Fr (ponta da pirâmide nasal → tragus)

Fórmulas de cálculo rápido (> 1 ano)

Peso:
· 8 + (2 x idade em anos); Peso em kg
Tubo endotraqueal:
· Diâmetro interno: 4 + (Idade/4) (em anos)
· Distância (cm) oro-traqueal: 3 x diâmetro interno, ou 12 + Idade (anos)/2
Tensão arterial sistólica (mmHg) (limite inferior):
· 70 + (2 x idade em anos)

Laringoscópio, Tubos endotraqueais (TET) e sondas

IdadePeso
(Kg)

TET
Laringoscópio
(Nº da lâmina)
Sondas para
aspirar TET
(F)
Diâmetro interno
(mm)
Distância orotraqueal
(cm)
Distância nasotraqueal
(cm)
RN
RN
1 M
6 M
1 A
2-3 A
4-5 A
6-8 A
10-12 A
14-16 A
> 16 A
1
2-3
4
7
10
12-14
16-18
20-26
32-42
45
50
2.5
3.0
3.5
3.5
4.0
4.5
5.0
6.0-6.5
7.0
7.5
7.5-8.0
9
10
10
12
13
14
15
17
20
22
23
11
11
12
14
15
16
17
21
22
23
24
0 (Recta)
1 (Recta)
1 (Recta)
1 (Recta)
1 (Recta)
1-2 (Recta/Curva)
2
2-3 (Curva)
2-3 (Curva)
3
3
6
6
8
8
8
8
10
10
10
10
10-14

Punção intra-óssea

Pediátrica
 Comp. da agulha (18G)/Idade
Local de punção0-3 anos3-6 anos6-12 anos
Tíbia proximal0,5-0,7 cm1-1,5 cm1,5 cm
Maléolo interno0,75-1 cm1 cm

Agulhas intra-ósseas automáticas (B.I.G., – Bone Injection Gun)

Adulto
Local de punçãoComprimento da agulha (15G)
Tíbia proximal2,5 m
Maléolo interno2 cm
Rádio distal1,5 cm
Úmero2,5 cm

Punção intra-óssea

Pediátrica
Local de punçãoComp. da agulha (18G)/Idade
0-3 anos3-6 anos6-12 anos
Tíbia proximal0,5-0,7 cm1-1,5 cm1,5 cm
Maléolo interno0,75-1 cm1 cm

Pás do desfibrilhador

IdadeDiâmetro (cm)
< 1 ano4,5
> 1 ano ou > 10 Kg8-10

Tubos torácicos*

Peso (Kg)Pneumotórax (F)Derrame pleural
Transudado (F)Exsudado (F)
< 3
3-8
9-15
16-40
> 40
8-10
10-12
12-16
16-20
20-24
8-10
10-12
12-16
16-20
24-28
10-12
12-16
16-20
20-28
28-36

Notas importantes sobre calibres e nomenclaturas de TET:

    • TET sem cuff designado por 4 significa que o seu diâmetro interno é 4 mm.
    • As chamadas unidades French (F) representam o perímetro externo em mm.
    • A conversão de diâmetro interno em perímetro externo (ou Unidades F) depende da espessura de cada TET; com certa aproximação, pode obter-se pela equação: Unidades French (F) = (diâmetro interno x 4) + 2

Infecciologia e tabelas de conversão

Período de incubação de algumas doenças infecciosas

DoençaTempo de incubação
SarampoCerca de 10 dias (variando de 7 a 18 dias desde a exposiçãoao início de febre e cerca de 14 dias até ao aparecimento do exantema)
Rubéola16 a 18 dias (com uma variação de 14-23 dias)
Varicela2 a 3 semanas. Geralmente 13-17 dias
Parotidite epidémica12-25 dias. Frequentemente 18 dias
Poliomielite7-14 dias (casos paralíticos) com uma variação possível de 3-35 dias
RaivaHabitualmente 3 a 8 semanas
Febre amarela2 semanas a 3 meses
Gripe1-3 dias
Mononucleose infecciosa4-6 semanas
Hepatite A15 a 50 dias. Média: 28 a 30 dias
Hepatite B45 a 180 dias. Média: 60 a 90 dias. Por vezes apenas 2 semanas ou 6 a 9 meses
Hepatite C2 semanas a 6 meses. Geralmente 6 a 9 semanas
Tifo exantemático1 a 2 semanas. Geralmente 12 dias
Febre escaronodularGeralmente 5-7 dias
Difteria2-5 dias. Ocasionalmente mais prolongado
Tosse convulsa6-20 dias
Escarlatina1-3 dias
Meningite meningocócica2-10 dias. Geralmente 3 a 4 dias
Febre tifóide3 dias – 3 meses. Geralmente 1-3 semanas
Gastrenterite por Salmonella6-72 horas a 5 dias. Geralmente 12-36 horas
CóleraDe poucas horas a 5 dias. Geralmente 2-3 dias
Brucelose5-60 dias. Geralmente 1-2 meses; Por vezes, vários meses
Tétano3-4 dias. Média 10 dias
Botulismo12-36 horas (aparecimento de sintomas neurológicos)
Sífilis10 dias a 3 meses. Geralmente 3 semanas
Febre recorrente5-15 dias. Geralmente 8 dias
Leptospirose íctero-hemorrágica4-19 dias. Geralmente 10 dias
Paludismo

Plasmodium falciparum: 7-14 dias
Plasmodium vivax e P. ovale: 8 a 12 dias
Plasmodium malariae: 7-30 dias
Para certas espécies de P. vivax pode haver um período de incubação de 8-10 meses e superior para o P. ovale

AmebioseGeralmente 2-4 semanas. Pode variar de alguns dias a vários meses ou anos
Calazar2-6 meses. Varia entre 10 dias e anos
Toxoplasmose5-25 dias

Correspondência de temperatura [escalas Celsius (C) / Fahrenheit (F)]

33ºC = 91,4 ºF39ºC = 102,2ºF
34ºC = 93,2 ºF40ºC = 104ºF
35ºC = 95ºC41ºC = 105,8ºF
36ºC = 96,8ºF42ºC = 107,6ºF
37ºC = 98,6ºF43ºC = 109,4ºF
38ºC = 100,4ºF44ºC = 111,2ºF

Tabelas de conversão

Correspondência doutras medidas (sistemas métrico e britânico de unidades físicas)

Volume:
1 onça líquida (fluid oz) = 30 mL
1 galão = 4,546 litros

Peso:
1 libra (lb) = 453 gramas
1 onça (oz) = 30 gramas
1 kg = 2 lb + ≤ oz
Comprimento:
1 pé = 30 cm
1 polegada (inch) = 2,5 cm
1 jarda = 91 cm
1 metro = 1 jarda + 3,4 polegadas
1 micron = 1/1000 milímetro,ou micrómetro, representado por μ
1 milimicron = 1/1000000 milímetro (mm), representado por μ
1 milímetro (mm) = ~0,04 polegadas
1 centímetro = ~0,4 polegadas

Cálculo da superfície corporal (fórmula de Mosteler)

(Arch DisChild 1994; 70: 246-247)

Períodos de afastamento de crianças em infantários e/ou escolas

    • Diarreia com sangue (ou devida a E. coli 0157:H7, ShigellaSalmonella)
    • Conjuntivite purulenta (contexto de cada caso)
    • Tuberculose pulmonar do adulto (atestado de ausência de risco de contágio)
    • Impetigo (até cura clínica/atestado médico)
    • Faringite estreptocócica e escarlatina (até 24 horas de tratamento)
    • Escabiose e pediculose (até tratamento completo)
    • Varicela (até 5 dias após início da erupção / lesões secas na totalidade e na fase de crosta)
    • Rubéola (até 7 dias após início do exantema); NB – mulheres grávidas com < 20 semanas gestacionais, até conhecimento do estudo serológico (comprovação de protecção imunológica)
    • Pertussis (até 5 dias completos após início da antibioticoterapia correcta, ou 21 dias na ausência de tratamento)
    • Parotidite (até 9 dias após aparecimento da tumefacção glandular)
    • Sarampo (até mínimo de 4 dias após início do exantema)
    • Hepatite A (até 7 dias após início da doença e ou enquanto permanecer icterícia, se presente)
    • Hepatite B (doença aguda: até à cura clínica; portadores crónicos: se sintomáticos)
    • Infecções meningocócicas – meningite e sépsis (até cura clínica)

​Pediatria Social

Escala Social de Graffar*

*[Graffar M. Une méthode de classification sociale d´échantillons de population. Courier 1956;6:455]

Para avaliação do contexto familiar social da criança/adolescente são considerados 5 parâmetros, respectivamente profissão, grau de instrução, fonte principal de rendimento, local de residência e tipo de habitação. Em função das diversas alíneas inquiridas para cada parâmetro A, B, C, D, E (a que é atribuída pontuação de 0 a 5 assinalada com seta (→), são consideradas cinco classes: I (alta), II (média alta), III (média), IV (média baixa) e V (baixa) assinaladas entre parênteses ( ).

No que respeita à profissão,grau de instrução e fonte principal de rendimento é considerado o progenitor (ou representante) a que se atribui pontuação mais elevada. É estabelecida a seguinte correspondência procedendo ao somatório das pontuações: classe I (pontuação de 5 a 9);classe II (pontuação de 10 a 13); classe III (pontuação de 14 a 17); classe IV (pontuação de 18 a 21) e classe V (pontuação de 22 a 25).

Classificação social


A. Profissão do progenitor mais qualificado:
1 → profissões liberais; professores da universidade; directores executivos de empresas; oficiais das forças armadas. (I)
2 → administradores de empresas; funcionários com funções de responsabilidade; comerciantes. (II)
3 → pequenos industriais e comerciantes; operários qualificados; funcionários públicos ou administrativos; funções de secretariado. (III)
4 → operários semiqualificados; empregados do comércio. (IV)
5 → mão de obra não qualificada; serventes em obras; trabalhadores em serviços de limpeza; trabalhadores rurais. (V)

B. Grau de instrução do progenitor mais qualificado:
1 → curso universitário completo ou equivalente. (I)
2 → curso secundário completo e técnico superior; curso universitário incompleto. (II)
3 → curso secundário ou equivalente incompleto. (III)
4 → curso primário completo. (IV)
5 → curso primário incompleto; incompetência para ler e escrever. (V)

C. Fonte principal de rendimento:
1 → fortuna herdada ou adquirida. (I)
2 → rendimento decorrente de honorários (profissões liberais, comerciantes); ordenado mensal. (II)
3 → salário mensal; vencimento certo. (III)
4 → salário quinzenal, semanal ou diário. (IV)
5 → rendimento irregular; subsistência dependente de apoio público ou privado. (V)

D. Local de residência:
1 → bairro residencial em zona considerada diferenciada; zonas com valor elevado quanto a casa ou terreno. (I)
2 → bairro residencial em zona considerada não diferenciada; zona de urbanização bem estruturada e com arborização; zona de terreno e casas de valor considerado médio em área não diferenciada. (II)
3 → bairro de construção antiga; zona antiga considerada não valorizada. (III)
4 → bairro operário com elevada densidade populacional; área próxima de zonas industriais com poluição e ou saneamento precário. (IV)
5 → ”bairro da lata”; zona sem saneamento; zona rural considerada de fraco valor económico. (V)

E. Tipo de habitação:
1 → casa ou apartamento de luxo. (I)
2 → casa ou apartamento confortável e espaçoso. (II)
3 → casa ou apartamento em bom estado de conservação com saneamento básico, cozinha, casa de banho e electrodomésticos essenciais. (III)
4 → habitação em mau estado de conservação, sem saneamento básico e ou energia eléctrica; habitação de dimensões exíguas e escassa ventilação. (IV)
5 → barraca sem saneamento básico, água de canalização e ou energia eléctrica. (V)

Crescimento e Nutrição

Avaliação do estado nutricional

1. Medições e técnicas
Perímetro cefálico – Utilização de fita métrica inextensível de largura < 1 cm, bem aplicada em torno da cabeça, num plano – fronte, por cima das arcadas orbitárias – proeminência occipital – em posição que permita a leitura do valor máximo em três tentativas. Consultar curvas de crescimento.
Perímetro braquial (lado esquerdo) – Utilização de fita métrica inextensível de largura < 1 cm, a meia distância entre o acrómio e o olecrânio; o membro superior deve ficar pendente com flexão do antebraço sobre o braço garantindo ângulo de 90°. (Consultar tabelas de Frisancho e bibliografia).
Prega tricipital – Utilização de calibrador de espessura (por ex. calibrador de Harpenden) pregueando ou “pinçando” a pele previamente com os dedos, na região tricipital, a meia distância entre o acrómio e o olecrânio; a pressão exercida pelas pinças do calibrador deve ser constante.
2. Notas importantes relativamente ao peso e comprimento/estatura
Peso – A balança deve estar calibrada.
Comprimento/estatura – Quer utilizando craveiras para bebés, quer estadiómetros para crianças maiores em quem se consiga a posição bípede estável, haverá necessidade de o observador ser ajudado por outra pessoa para evitar oscilação da bacia, garantindo membros inferiores em extensão completa, pés formando ângulo de 90° com as pernas sem arquear o dorso, cabeça no plano do tronco, e bordo inferior das órbitas no mesmo plano dos meatos auditivos.

Nefro-Urologia

Proteinúria e microalbuminúria

(in Ariceta G. Proteinuria. Eur J Pediatr 2011;170:15-20)

Em situação de normalidade a excreção urinária de proteínas é diminuta (<4 mg/m2/hora ou <100 mg/m2/24 horas).

1. Verificando-se proteinúria, para avaliação de eventual disfunção tubular, em função do contexto clínico, podem ser quantificadas na urina as seguintes proteínas de baixo peso molecular:

    • Beta 2 microglobulina (b2M)
    • Alfa 1 microglobulina (a1M)
    • Proteína ligada ao retinol (RBP)

Os respectivos valores de referência são expressos na sua relação com a creatinina(c):

    • b2M/c <> 9,8(6,0-40,7)mcg/mmol
    • a1M/c <> 0,4(0,1-2,2)mcg/mmol
    • RBP/c <> 8,1(<1-24,5)mcg/mmol

A sua elevação está associada a disfunção tubular (proteinúria tubular).
A verificação de microalbuminúria constitui um indicador fiel de doença renal crónica.

2. A determinação das relações Up/c (proteínas/creatinina na urina) ou Ualb/c (albumina/creatinina na urina) reflectem com rigor a proteinúria ou albuminúria de 24 horas. Recomenda-se a primeira amostra de urina da manhã para evitar o efeito do exercício ou do ortostatismo.

3. São considerados os seguintes valores de referência, traduzindo normalidade:

    • Up/c: <0,5 mg/mg ou <50 mg/mmol (lactentes);
    • <0,2 mg/mg ou <20 mg/mmol (crianças > 1 ano);
    • U alb/c: <30 mg/g ou < 3 mg/mmol

Gastrenterologia

Dieta sem glúten

São salientados os alimentos permitidos (sem glúten) em confronto com os alimentos proibidos (com glúten).

Leite e derivados
Permitidos leite de mulher, leite de vaca, leite de vaca em pó, iogurte, leite condensado, queijo fresco, requeijão, natas.
Proibidos leites aromatizados com sabores a diversos frutos, a chocolate e a cacau, queijo de barra ou tipo flamengo, queijo creme.

Carnes
Permitidos carnes verdes ou congeladas, croquetes, rissóis ou panados de carne, confeccionados com farinha de milho.
Proibidos todas as conservas de carne, carnes cozinhadas industrializadas, carnes pré-cozidas, croquetes, rissóis e panados industriais.

Charcutaria
Permitidos fiambre, presunto ou fumeiro caseiro, sem pão ou farinha com glúten, nem conservantes. Proibidos toda a charcutaria comercial, carne moída tipo “hamburger”, filetes de peixe.

Cereais e derivados
Permitidos arroz, tapioca, farinha de soja, farinha de mandioca, farinha de “pau”, farinhas de cereais infantis com informação nutricional especificando “sem gluten”(rótulo azul), biscoitos sem glúten. Proibidos farinhas de trigo, centeio, aveia, cevada, malte; todos os alimentos fabricados com os cereais referidos (pão branco, broa, pão centeio, tostas, pasteis, bolos); massas (macarrão, esparguete).

Ovos
Permitidos todos os tipos de confecção que inclua ovos desde que não utilize farinhas proibidas.

Peixes
Permitidos todos os peixes frescos ou congelados, conservas naturais em óleo, crustáceos, ou moluscos frescos ou congelados, ovas de peixe.
Proibidos peixes panados em farinha de trigo ou enrolados em pasta de farinha, peixes cozinhados e comercializados industrialmentre.

Legumes
Permitidos todos os legumes verdes(couve, nabiça, agrião, fava, ervilha) crus, congelados ou em conservas naturais, todos os legumes secos(grão, feijão), puré de batata, fécula de batata.
Proibidos todos os legumes de conserva industrial, batatas secas e desidratadas.

Frutos
Permitidos todos os frutos frescos, sumos de frutas, frutos frescos em casa, conservas caseiras de fruta.
Proibidos todas as compotas de fruta industriais e purés de castanha.

Produtos açucarados
Permitidos açúcar, melaço, mel puro,geleias caseiras, todos os bolos feitos com farinha de milho ou fécula de arroz, fécula de batata; cacau, gelatina, marmelada, doces caseiros, coco.
Proibidos açúcar glacé, bombons, caramelos, sugus, sorvetes, pudins flan, leite creme, sobremesas instantâneas.

Bebidas
Permitidas sumos naturais de frutos, limonada, chá, café, águas minerais, cacau.
Proibidas cerveja, sumos de fruta industriais em embalagem, bebidas achocolatadas, refrescos artificiais.

Condimentos
Permitidos vinagre, sal, pimenta, etc. ; bicarbonato de sódio, fermentos para bolos, maionese caseira, ervas aromáticas, polpa de tomate.
Probidos condimentos em pó moídos e empacotados, picles, sopas sob a forma sólida em “cubos”(tipo Maggi ou Knorr),molho branco.

Icterícia após os 14 dias de vida

CITAÇÃO BIBLIOGRÁFICA
Videira-Amaral JM (MD, PhD) – Coordenador e autor. Tratado de Clínica Pediátrica. 3ª edição. Lisboa: Círculo Médico, 2022
(ISBN: 978-989-54122-3-5)

Com apoio:

©2022, Círculo Médico todos os direitos reservados.

O conteúdo desta obra é da responsabilidade dos seus autores.
Nenhuma ilustração pode ser utilizada ou reproduzida sem autorização expressa dos autores.
Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem autorização expressa dos autores.